• New Hub NVOCC Experts

Os produtos mais importados pelo Brasil

Atualizado: Out 7




Com a taxa de participação no total de importações e o volume em dólares – entre janeiro e julho de 2020 são:






1. Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes 5,8% de participação – US$ 5,3 bilhões


2. Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos) 4,9% de participação – US$ 4,5 bilhões

3. Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos) 4,7% de participação – US$ 4,3 bilhões

4. Demais produtos - Indústria de Transformação* 4,6% de participação – US$ 4,2 bilhões

5. Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns 4% de participação – US$ 3,6 bilhões



Quer saber os principais produtos que o Brasil importa da China? Confira a lista a seguir, coletada a partir dos dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.



1) Equipamentos de telecomunicações, incluindo peças e acessórios

Responsável pela maior parte da produção global desses itens, a China exporta para o Brasil principalmente equipamentos de telecomunicações. A categoria representa 12% das importações brasileiras vindas do país asiático e já movimentou mais de US$ 1 bilhão em 2020.

2) Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes

O segundo lugar da lista representa 11% das exportações chinesas para o Brasil. Foram mais de US$ 1 bilhão gastos com plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes neste ano.

3) Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio e ou foto-cátodo, diodos e transitores

Componentes utilizados em diversos equipamentos eletrônicos são o terceiro produto que o Brasil mais importa da China, com um total de US$ 1 bilhão em 2020 (6,5% de participação).

4) Demais produtos - Indústria de Transformação

Diversos produtos manufaturados compõem a quarta posição no ranking. Em 2020, a categoria movimentou US$ 805 milhões, que representam uma participação de 4,8% no total de importações vindas da China.

5) Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, e sulfamidas

A categoria representa 4,8% das importações de origem chinesa. Entre janeiro e junho de 2020, esses produtos movimentaram US$ 794 milhões.

6) Máquinas e aparelhos elétricos

Com 3% de participação, máquinas e aparelhos elétricos ocupam o 6º lugar da lista, com mais de US$ 490 milhões.

7) Medicamentos e produtos farmacêuticos

Os medicamentos, exceto veterinários, também são outra categoria importante no comércio da China para o Brasil. Com 2,3% de participação, esses itens movimentaram US$ 378 milhões até junho de 2020.

8) Aparelhos elétricos para ligação, proteção ou conexão de circuitos

Entre janeiro e junho deste ano, o Brasil já importou US$ 372 milhões em aparelhos elétricos dessa categoria vindos da China (2,2% de participação).

9) Peças e acessórios para máquinas de processamento de dados ou máquinas de escritórios

A categoria, que não inclui estojos, capas e semelhantes, representa 1,8% das importações e movimentou US$ 304 milhões neste ano.

10) Máquinas de energia elétrica e suas partes

No último lugar do top 10, as máquinas de energia elétrica e suas partes representam 1,8% das importações vindas da China. Com esses itens, o Brasil já gastou US$ 302 milhões em 2020.

UMA VISÃO GERAL SOBRE O CENÁRIO BRASILEIRO NO AMBITO DO COMÉRCIO EXTERIOR.


Como consequência do surto que atingiu o mundo e o Lock down horizontal imposto pelos governos locais dos estados e municípios., A economia foi duramente atingida, Apesar das medidas e dinheiro liberado pelo Governo Federal, tivemos uma redução do PIB significativa.

A retomada do mercado já começou e se faz sentir no Brasil, impulsionado pelo Rate Of Exchange que favorece as exportações e, não impactando nas importações de forma tão negativa, aja vista que os navios estão deixando os portos Brasileiros sem espaço. Por outro lado, o Comercio Internacional requer compradores e vendedores entre fronteiras e, atualmente, a queda na economia é global, sentida por todos os países.

Por sorte, a crise econômica atingiu a oferta e não tanto a demanda, nesta linha é presumível acreditar que a retomada seja possível na curva em “V”, muito mais rápida que a curva em “U” como se esperava. Refiro-me a retomada no Brasil.

INFORMAÇÕES GERAIS QUE PODEM SER ÚTEIS.


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje que tem a perspectiva de que a queda da economia brasileira deste ano será menor do que a esperada.

O ministro disse que os dados mais recentes mostram a retomada da atividade, e esse movimento está vindo mais rápido até do que ele antecipava.

Oficialmente, a projeção do Ministério da Economia é de uma retração do PIB de 4,7% em 2020.

UNIDADE SÃO PAULO

Rua Santa Cruz, 2105, conjunto 912
Vila Mariana
São Paulo/SP – CEP 04121-002

(11) 2667-8788

sales@newhubnvocc.com.br

UNIDADE SANTOS

Praça Antônio Telles, 12 - sala 12
Centro
Santos/SP - CEP 11013-020

(13) 3877-1898

csdesk@newhubnvocc.com.br

 NEW HUB NVOCC Experts

Nós levamos as fronteiras do mundo para você!

  • LinkedIn - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Google Places - o círculo branco